Edição 751

  • Investimento nuclear no Brasil é determinado por ‘poderoso (e corruptor) lobby’

    atomica.jpgO planeta voltou a se deparar com o fantasma nuclear após o vazamento dos reatores da usina de Fukushima. Para falar desse tema cada vez mais polêmico em todas as discussões energéticas, o Correio da Cidadania entrevistou o mestre em Engenharia Nuclear Joaquim Francisco de Carvalho.

  • Estados Unidos: a intervenção humanitária mascarada

    eua_dragao_garfo.jpgA postura de Barack Obama é o reaproveitamento da chamada Doutrina Clinton, fundada na invocação da defesa ampla dos direitos humanos em detrimento da primazia da soberania. Os Estados Unidos aplicaram-na na antiga Iugoslávia, ao bombardear maciçamente a Sérvia em favor do Kosovo.

  • Artistas contra Belo Monte

    rioxingu.jpgA participação dos artistas estrangeiros na campanha contra Belo Monte é muito bem-vinda, principalmente devido à extrema dificuldade dos críticos deste projeto para falar em larga escala sobre os vários aspectos da tragédia que significaria a efetivação da obra.

  • Jair Bolsonaro

    ft_jairbolsonaro.jpgBolsonaro é parte de um canil de pitbulls disposto a estraçalhar homens, mulheres ou crianças que se atrevam a colocar em risco os interesses maiores do capitalismo.

  • Políticas públicas impublicáveis

    brcarroca.jpgOs grandes especialistas em políticas públicas não são professores universitários de terno amarrotado, mas experts talhados no dia a dia das sucateadas instituições públicas e que falam perfeito brasilês.

  • Criança, entre livros e TV

    criancas.jpgUma criança familiarizada desde cedo com livros terá, sem dúvida, linguagem mais enriquecida, mais facilidade de alfabetização e melhor desempenho escolar.

  • Rebeldes líbios: dizei-me com quem andais e vos direi quem sois!

    bandeira_libia.jpgAs forças líbias ditas "rebeldes" tornaram-se, portanto, claramente aliadas dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha e da França e peças de seu jogo neocolonialista.

  • Vida e morte do bêbado equilibrista

    equliibrista.jpgA repressão não tardou a chegar. No final daquele ano de 1968, quando a ditadura baixou o Ato Institucional número 5, centenas de operários foram sendo demitidos e perseguidos no ABC, a exemplo do que aconteceu com Antonio Norival Soave, em janeiro de 1969, quando foi dispensado da Chrysler.

  • István Mészáros e a imperiosa necessidade do pluralismo socialista

    ft_istvan_meszaros.jpgA proposta é de fundamental importância para a esquerda brasileira. Depois do tsunami de pelegos que assolou o país com o governo do PT, as novas forças socialistas a se constituírem precisarão se reformular sem repetir as mesmas contradições.

  • Os trabalhadores de Jirau e a direção da CUT

    ilus_monstro_cabecas_kipper.jpgDiante do trabalho que se aproxima do escravo, da super-exploração da Camargo Correa, os dirigentes da central que nasceu das lutas operárias dos anos 70 e 80 se reúnem em hotel preocupados em defender espaços no governo e o controle dos trabalhadores na referida obra.

  • Questões para o MST

    mstbandeira.jpgNão apresentando mais contradições com o "gerente do capitalismo", ou seja, o governo federal, e desconsiderando o papel do novo governo na luta de classes favorável ao agronegócio e à direita, o MST perde visibilidade.

  • Ficha Limpa no Congresso e Ficha Suja no STF

    stf.jpgMesmo diante do clamor geral do povo, 6 ministros (a maioria) do STF, com destaque para o recém-empossado Luiz Fux, preferiram se acovardar e dar ouvidos aos recursos dos corruptos.

  • A Guerra Civil na Costa do Marfim

    bandeira_costamarfim.jpgA União Africana tem relutado em intervenções mais expressivas, seja pelas boas relações com o governo da Costa do Marfim, seja pelo medo de que no futuro esse tipo de instrumento possa ser usado contra eles.

  • Sobre revolução

    ilus_cara_a_cara_kipper.jpgAs revoluções dos países árabes trouxeram novamente à tona todas as experiências revolucionárias do século 20. Só o povo pobre e trabalhador, massivamente mobilizado, faz revoluções, independentemente de haver ou não partidos revolucionários em seu seio.

  • Agronegócio não garante segurança alimentar

    alimentos.jpgPara a presidente do Conselho Federal de Nutricionistas, Rosane Nascimento, não é necessário que o Brasil lance mão do uso de agrotóxicos e mudanças genéticas para alimentar a população. "Estamos cansados de saber que o Brasil produz alimento mais que suficiente para alimentar a sua população e isso não é necessário.

  • Apesar da retórica, objetivo da OTAN é remover Kadafi para se apropriar do petróleo

    ft_kadafi.jpgOs militares e ex-ministros de Kadafi que receberam o apoio da França e Grã Bretanha garantiram que 75% dos contratos com a italiana ENI serão renegociados em favor de suas companhias.

  • Dilma e o “Água para Todos”

    riomadeira.jpgO anúncio de Dilma, que vai transformar o "Água para Todos" em um programa federal, na linha da superação da miséria, soa como uma chuva no sertão depois de meses de estiagem.

  • ‘Entre Kadafi e a OTAN, Líbia está na iminência de uma tragédia’

    ft_kadafi.jpgCom o agravamento da crise política da Líbia, que agora sofre intervenção militar da OTAN, sob o forte jugo dos EUA e dos principais países europeus, o Correio da Cidadania entrevistou o jornalista Jose Arbex Jr., para falar sobre o país de Kadafi e de toda a região.