Edição 747

  • Golpe de mestre

    lula_discursando.jpgLula praticou desbragadamente o populismo e nisso teve êxito. Porém, não teria caso não soubesse celebrar um ‘casamento’ tão escabroso como o foi PT-PMDB.

  • Insurreição e intervenção militar na Líbia: EUA-OTAN tentaram golpe de Estado?

    eua_dragao_garfo.jpgDeclarações dos EUA e OTAN confirmam que estão sendo fornecidas armas às forças de oposição. Há indicações, embora não prova clara, de que foram entregues armas aos insurgentes antes do desencadeamento da rebelião.  

  • Meus erros preferidos

    criancas.jpgAs crianças erram. Porque são humanas. Mais humanas do que nós, adultos adulterados. Odiamos errar. Queremos a perfeição. E por isso deixamos de aprender com a mesma rapidez com que aprendíamos na infância. Mas os erros revelam verdades. Especialmente os lingüísticos.

     

     

  • Estamos mais ricos que os suíços!

    dinheirosecando.jpgO Brasil segue obediente à instrução estadunidense do "faça o que eu digo e não o que faço". Hoje o real é talvez a moeda mais inflada do mundo. O que satisfaz aos interesses a ela atrelados e, certamente, às classes médias que viajam pelo mundo rindo dos preços.

     

  • Impactos indiretos de Belo Monte serão muito maiores que os diretos

    belomonte_nao.jpgO professor Luiz Pinguelli Rosa publicou na Folha, em 12/02, artigo defendendo a construção da hidrelétrica. Um de seus principais argumentos foi o preço oficial que a sociedade pagaria por sua energia.

     

  • Dicionário Popular do Aquecimento Global

    terraesquentando.jpgPara muitos cientistas, países, como a Bolívia, e movimentos, os mecanismos contra ele pouco adiantam. Teríamos de mudar o padrão civilizatório, principalmente a matriz energética.

  • Eletrificando o Brasil

    usina_ilha_solteira.jpgO modelo de expansão do setor elétrico, descrito neste jogo, deve valorizar a fonte que não possui restrição técnica para o acompanhamento da variação da demanda durante o dia.

  • O escritor latino-americano e o nacionalismo

    ft_vargas_llosa.jpgFoi uma delícia ler os textos de Vargas Llosa: a tradição crítica que ele pretende evitar no pensamento latino-americano e que tanto execra na política é a razão da vitalidade de sua literatura.