Edição 645

  • Obama: avanços e recuos

    obama_bottom.jpgSerá inevitável um enfrentamento com os “lobbies pró-Israel” e parte dos congressistas. Mas ele não pode menosprezar seu exército de 13 milhões de militantes.

     
  • Mudança no Plano Diretor é marca da gestão em favor das corporações

    ft_gilbertokassab.jpgGilberto Kassab se elegeu prefeito de São Paulo há poucos meses com promessas que ainda estão na lembrança dos paulistanos, como a de investimentos para o combate ao depauperado setor dos transportes públicos.

  • Os nostálgicos da ditadura

    ditadura.jpgOs beneficiários da ordem injusta não brincam quando se trata de conservar privilégios. Quem fala em "ditabranda" quer, de imediato, "democradura".

  • A ruptura à la Vargas

    quebracabeca.jpgPor ser, talvez, a mais viável das propostas de ruptura que inundam o "mercado", a de Chico Oliveira merece reflexão mais acurada.

  • Justiça do capital

    lula_embraer.jpgOs trabalhadores da Embraer não reivindicaram esmolas, nem indenizações. Reclamaram justiça social, cuja primeira palavra só existe nas portas dos tribunais.

  • A esperança como atitude crítica

    brasil_igualdade.jpgHoje, a esperança tem conotação secular - a utopia. Antes do Renascimento, não se falava em utopia. Esta resultou da necessidade de projetar ou visualizar o mundo futuro.

  • O PIB e a ilusão do PAC

    reais.jpgO plano para acelerar o crescimento do país, além de não mudar a essência do modelo econômico continuísta, será frustrado em suas metas quantitativas pelos dados da realidade.

  • Aprofunda-se a legitimação social das arbitrariedades contra os excluídos

    maos_manipulando.jpgQue outras relações pode haver entre os massacres do Oriente Médio e os que ocorrem no Brasil, além de materializarem a bestialidade performática das mercadorias produzidas pelo complexo industrial-militar.

  • Um complô para entregar a Amazônia

    A ABRA convidou toda a mídia de São Paulo e do Rio de Janeiro para uma entrevista coletiva, a fim de que tomassem conhecimento do levantamento feito por um de seus diretores, o professor Ariovaldo Umbelino, ex-diretor do Departamento de Geografia da USP, sobre a estrutura fundiária da Amazônia Legal. A ausência dos grandes veículos em um evento organizado por uma entidade séria, para denunciar fato da maior gravidade, é a demonstração cabal do caráter antidemocrático dos monopólios que controlam a informação do público brasileiro.

  • Violência doméstica: reflexões de 8 de março

    mulheres_na_midia.jpgEnquanto a violência contra a mulher for uma realidade tão constante em nosso país, não faz o menor sentido comemorarmos estatísticas que falam de sua libertação.

  • Uma reunião em primeira pessoa com Fidel

    ft_fidelcastro.jpgDepois de seu encontro com o líder cubano, o sociólogo argentino Atílio Boron conta como o viu e do que falaram – primeira parte.

  • A Crise Econômica Externa e seus Reflexos Políticos no Brasil

    mundo_preju.jpgA julgar pela estratégia de investimentos infra-estruturais contida no PAC ou pelo Projeto Oficial da Reforma Tributária em tramitação na Câmara Federal não há sinais de um novo padrão de consumo e civilização.

  • A Crise Capitalista: apenas um início

    calendario.jpgUma saída para a crise que conduza à emergência de uma nova ordem produtiva e de um novo regime de acumulação não depende somente da economia. Exige uma nova correlação de forças.

  • A linguagem da Igreja Católica

    aparecida.jpgValeu a costura política e diplomática da CNBB. Ela não pode interferir nas dioceses, embora o mundo pense que sim. Porém, dessa vez prevaleceu o senso do colegiado.

  • Fórum Social Mundial

    forum_social_mundial.jpgOs "tradicionalistas", aceitaram proposta de realização de uma Assembléia voltada para a aprovação de manifesto claramente fundado na ideologia socialista.

  • Crítica social e previsão em Marx

    ft_karl_marx.jpgEm Marx a crítica não é uma condição suficiente para a emancipação. Nada pode realizar se não apelar para latentes interesses tornando-os claramente conscientes.

  • Poesia atrasada

    seloletraa.gifPoesia que se preza é poesia atrasada, póstuma, relegada, vítima da sociedade de consumo, da globalização, da corrupção crônica, da excomunhão compulsória.

  • Ao dificultar domínio da Amazônia pelo agronegócio, MST sofre nova criminalização

    mstbandeira.jpgViu-se nos últimos dias um recrudescimento da perseguição contra o MST para expor as posições e demandas do movimento. O Correio da Cidadania conversou com Marina dos Santos, coordenadora nacional do MST.

  • A terra é do homem trabalhador

    sem_terra_retirante.jpgA qualquer custo, buscam a criminalização do movimento social que a duras penas procura transformar o texto constitucional em realidade, retirando-o da ficção.

  • Cada um com seus "pobremas"?

    ft_chico_alencar.jpgO caso do deputado de Chico Alencar é emblemático da confusão que pode ser instalada a partir de certas ondas moralistas e denúncias vazias.

  • Uma manifestação pacífica

    manifestacao_altamira.jpgFoi uma manifestação absolutamente pacífica. Isso porque a usina de Belo Monte ainda não foi construída e não há tanta revolta, a terra e o rio ainda estão preservados.

  • A dura conquista da água

    agua_torneira.jpgO Nordeste viu no século passado o crescimento da rede de açudes, a "indústria da seca", mas nunca conseguiu fazer a democratização da água.