Edição 631

  • Obama: mudando para deixar como está

    ft_barack_obama2.jpgObama não nomeou para as áreas de política externa e da segurança nacional  é muito curioso um presidente convidar para altas posições no seu governo justamente quem não concorda com ele.

  • Submersa na globalização, América Latina mostra-se cada dia menos blindada à crise

    america_latina_blindada.jpgMuitos governos da América Latina insistiram que seus países estavam blindados perante a crise global com grande otimismo repetia-se que as economias continuariam crescendo e que a crise se restringiria aos países ricos.

  • Santa Catarina

    mapa_stacatarina.jpgO mais difícil é a reconstrução. Aí se requerem providências duráveis e recursos mais abundantes. Será necessário conjugar as responsabilidades estatais com participação da cidadania.

  • O petróleo será nosso?

    petrobras.jpgÉ preciso que se debata e aprove uma nova lei do petróleo para superar o "marco" de FHC e se estabeleça novo pacto federativo de justa repartição dos impostos e royalties.

  • Aprimorando o SNUC (2): Zonas de Amortecimento Ambiental

    rioxingu.jpgSegundo de dois artigos com propostas de melhorias no Sistema Nacional de Unidades de Conservação, analisando sua atualidade e sugerindo complementos.

  • Bons fados

    congresso_nacional.jpgA cúpula política da Câmara dos Deputados, em momento de elevada sensatez, adiou para o próximo ano a votação, pelo seu plenário, da denominada reforma constitucional tributária.

  • Mito e Cinema VIII: Vencer (n)a cultura da oposição à natureza?

    filme_grizzlyman.jpgO Homem Urso de Herzog traduz o imperativo de desmistificar a oposição entre civilização e natureza, apesar da interdição de transcendermos alguns limites.

  • O trabalho para a vida ou a vida para o trabalho?

    xilocidaderostos.gifPela lógica das reformas previdenciárias e das "previsões" desses "sábios" o ser humano só tem razão de viver se for para trabalhar e produzir riquezas para o capital.

  • José Serra e o "pós-Lula"

    foto_serra.jpgO governador de SP percebeu que não dá para bater de frente com Lula e tenta uma aproximação tática com o presidente. Aécio Neves já tinha percebido isto bem antes.

  • Deus é Estatuto e a Amazônia é CLT

    floresta_amazonica2.jpgTerras devolutas? Inacreditável que, no início do século vinte e um, existam milhões de hectares de terras devolutas na Amazônia. Cerca de 25% das terras da Amazônia são ‘terra de ninguém’.

  • Transposição: o estupro da Caatinga

    rio_saofrancisco.jpgAproximadamente 1000 km de canais cortarão a caatinga. Com o propósito de isolar 2,5 km em cada margem, o desmatamento será de pelo menos 2,5 mil km².

  • A crise e as possibilidades brasileiras

    brasil_crise.jpgDessa crise emergem possibilidades para a superação de distorções: a primeira é a do aumento da participação dos capitais estatais e da retomada do pacto com os privados.

  • A difícil esperança

    plantacao2.jpg"O agronegócio cerca a maioria das comunidades, destruindo restos de mata. Será preciso ver com urgência a questão da territorialidade Guarani para evitar um etnocídio".

  • Universalidade dos Direitos Humanos

    direitos_humanos.jpgÉ motivo de esperança verificar que as mais diversas culturas proclamam a dignidade de todos os seres. Tal consenso pode indicar que existe um caminho de um tempo melhor. 

  • Ibsen às avessas

    algemas.jpgTriste sociedade esta em que vivemos, onde o processo de emancipação da mulher cresce constantemente agredido pela violência masculina que não diminui. 

  • Diante da letargia governamental, catarinenses estão entregues à própria sorte

    enchente_santacatarina.jpgTalvez o estado brasileiro mais propenso a sofrer com fenômenos naturais, Santa Catarina voltou a ser assolada por fortíssimas tempestades, que já deixaram mais de 100 mortos.

  • Esquerda: para onde?

    foicemartelo2.jpgRecorrendo a Weber, Acrísio lembra que os teóricos têm que se ater à realidade. Ora, o socialismo atém-se à realidade do capitalismo não para a ele se adequar, mas para negá-lo.

  • Duas oportunidades históricas

    Dois eventos importantes estão programados para dezembro e janeiro: o Tribunal Popular e o Fórum Social Mundial. O Tribunal se reunirá este mês na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e colocará o Estado brasileiro no banco dos réus, pelo delito de criminalização da pobreza e dos movimentos populares. O outro evento, o Fórum Social Mundial será o primeiro após a eclosão da crise econômica que se abateu sobre o mundo capitalista.