Edição 603

  • Se for mesmo para valer...

    Se, além da retórica oca, a sociedade brasileira tomar a decisão de defender a soberania nacional e os imensos recursos naturais dessa vasta região, o único caminho racional é desmembrar dos estados amazônicos as áreas ainda não penetradas significativamente, para formar com elas um território sob controle direto da União.

  • Sob nebuloso discurso desenvolvimentista, hidrelétricas atropelam povos nativos

    indios_xingu.jpgDepois de quase 20 anos o projeto da hidrelétrica de Belo Monte não resolveu o problema dos principais prejudicados, o povo indigena do Xingu. Rodolfo Salm.

  • O enigma não decifrado

    homem_interrogacao.jpgAs novidades da Irrupção de 68 ainda hoje estão postas como desafios nos embates da luta política. Sobrevivem como um espinho na ferida cicatrizada quarenta anos depois.

  • Dilma, Serra, Aécio e a estratégia de Lula

    lulaperfil.jpgOs descontentes guardam como semelhança a extrema incompetência em se comunicar – basta ver como Agripino Maia e Heloísa Helena se parecem em seus recentes discursos de tom udenista-desastrado.

  • A Bahia dos carlistas genéricos e lulistas transgênicos

    mundoossoeleicoes.jpgA campanha eleitoral de 2008 na Bahia está trazendo um verdadeiro show de coligações cruzadas - todos estes "carlistas genéricos" são também "lulistas transgênicos".

  • Oriente Médio: visões norte-americanas

    eua bandeira costela.gifSe não houve a recuperação do complexo petrolífero com o objetivo de baratear os preços do produto, seria temerário esboçar alguma ação incisiva contra o Irã, o que afetaria o tenso mercado energético global.

  • Para retomar as privatizações, governo de SP fragiliza movimento sindical

    ilus_mao_belindia.jpgNo transcorrer das duas últimas semanas, uma notícia golpeou o universo sindicalista: a demissão, por parte do Banco Nossa Caixa, do funcionário Dirceu Travesso, nesta entrevista ele explica as razões que circundam sua saída. Gabriel Brito.

  • Bahiabio: 20 vezes pior que a Transposição

    canavial.jpgO chocante nessa história de megalomania e irresponsabilidades é perceber que a água necessária para irrigar essa cana é 20 vezes maior que a demandada pela transposição. Roberto Malvezzi.

  • Algumas novas considerações sobre o sistema de “teleaudiência”

    ilus_justica_balanca.jpgAnote-se que o objetivo último de tal empreitada não é nem o de retirar do acusado o seu natural e sagrado direito de defesa, nem o de simplesmente tornar mais "barato" o custo do processo. Tereza Cristina Exner.

  • Essa cidade é uma selva

    ft_carlos_minc.jpgUm dia ele grita contra os aliados de Lula, nos outros ele licencia e faz acordos silenciosos contra a vida na Amazônia. Fará pose de playboy do verde e agirá como cowboy ajudante do boi e da soja. Moisés Diniz.

  • A batalha do fator previdenciário

    cobra_circulo_vicioso.jpgDurante a campanha de 2006, o candidato Lula garantiu que "a previdência não é deficitária", contrapondo-se aos neoliberais que propunham mais arrocho. Agora, parece, mudou o discurso. Altamiro Borges.

  • Educar para a cidadania

    lapidesombra.jpgMuitos se queixam de que o mundo vai mal, o governo é incompetente, os políticos oportunistas. Mas o que faço para melhorar as coisas?

  • Abolição tardia e inconclusa

    escravoestatua.jpgÚltimo país das Américas a acabar com a escravidão, recordista no tráfico de escravos, nossa dívida para com os africanos e seus filhos e netos ainda não foi paga nem ao menos parcialmente. Maria Clara Lucchetti Bingemer.

  • Soberania ameaçada

    justicagrita.jpgCaso a proposta fosse aprovada (classificar as FARC como organização terrorista), tudo passaria a depender do arbítrio do governo que quiser atacar o outro. Grupo de São Paulo.

  • Esquentar capital

    brasilmicroscopio.jpgPerdões tributários são altamente negativos perante os que com sacrifício pagam os tributos devidos. Constituem uma certidão de imbecilidade passada pelo governo ao contribuinte leal.

  • A nova questão agrária chinesa

    bandeira_china.jpgUm novo e forte ajuste, ou mesmo uma reforma agrária para garantir a segurança alimentar da China, tornou-se um dos principais itens da agenda do governo.

  • Visão, tempo e identidade

    binoculoscolor.jpgNo começo, é difícil aceitar a nova identidade, essa outra visão, esse maldito... bendito tempo. Jamais serei o mesmo depois desses oito dias de liberdade, cegueira e anonimato.

  • A geopolítica dos biocombustíveis e a crise dos alimentos

    gasolina_dinheiro.jpgNão é preciso nenhuma teoria conspiratória para ver a ligação entre o exponencial e meteórico aumento dos preços do petróleo e os interesses no etanol e no biocombustível. Carlos Walter Porto Gonçalves.

  • Alimentos padecerão com reforço da exportação de commodities para cobrir rombo externo

    plantacao_organicos.jpgTão logo a economia revelasse tendência ao crescimento, explodiriam as importações industriais e a remessa de lucros do capital estrangeiro, exacerbando o déficit estrutural dos “serviços”.