Edição 582

  • 2007: economia sustenta o governo Lula

    zipersol.jpgÉ a economia que sustenta a altíssima popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que também fechou o ano com aprovação recorde, em um patamar superior aos 60%.

     

  • Aprofunda-se a reversão neocolonial do Brasil

    brmapaestrelapt.jpgEntrevista exclusiva com o historiador Mário Maestri. Por Valéria Nader.
  • Advento do Senhor

    D. CappioO Correio publica a carta divulgada por D. Luiz Cappio ao encerrar a greve de fome contra as obras da transposição do rio São Francisco.

  • Quatro histórias de Natal

    NatalNo corpo da notícia: “Moça de Nazaré, engravidada por carpinteiro, teve parto em pleno pasto. A criança é do sexo masculino”. 

  • A onda esquerdista não morreu na praia

    América LatinaCristina Kirchner, por exemplo, mostrou logo quem era ao acusar os Estados Unidos de responsável pelos problemas do Mercosul.

  • O legado de 2007 e o nosso futuro

    Brasil2007 vai se encerrando em meio ao enraizamento, mais consistente ainda do que na era FHC, do projeto liberal no Brasil.

  • Fidelidade partidária

    PartidosEmbora o mandato seja do povo, raramente um cidadão dispõe de informações acerca das cláusulas que resumem os poderes que outorgou a seus mandatários. Airton Florentino de Barros.

  • D. Cappio e as alternativas populares

    justicagrita.jpgLuiz Cappio luta contra este modelo de “desenvolvimento e progresso” simbolizada pela mega-obra de transposição do rio São Francisco. Antonio Julio de Menezes Neto

  • Morte festiva

    ImpostosCom a carga tributária Himalaia imposta ao povo, óbvio que haveria forte pressão para que ocorresse o que a Constituição prevê: a morte marcada para a CPMF.

  • Retrospectiva da economia brasileira em 2007

    Economia2007 mostra um crescimento do PIB e do emprego formal, mas revela sinais preocupantes de precarização das condições de trabalho e um setor externo com sinal amarelo.

  • 2007, um ano mais aquecido que os anteriores

    Movimentos SociaisEscaldados com as medidas econômicas e políticas adotadas pelo governo Lula, o movimento social resolveu arregaçar suas mangas.

  • O ano em que os escrúpulos saíram de férias

    EsquerdaA esquerda tem a favor uma maré positiva na América Latina em relação a processos de ruptura com o modelo neoliberal.

  • A política econômica brasileira em 2007

    EconomiaO reforço da retórica “desenvolvimentista” não se limitou ao ministro da Fazenda. Outros engrossaram o coro que defende um Estado mais intervencionista. Jurandyr O. Negrão.

  • Natal de Aparecida

    JesusA Quinta Conferência Geral do Episcopado Latino Americano e Caribenho significou o reencontro das raízes do Evangelho de Jesus. D. Demétrio Valentini.

  • 2007: um ano ruim para o país

    A advertência de Celso Furtado, em 1992, não foi ouvida: a construção nacional não está mais interrompida. Os governos Collor, FHC e Lula destruíram-na inteiramente. Os que ainda acreditam no país têm de começar, desde os alicerces, uma nova construção. 

  • Ano termina com impasse na Previdência

    PrevidênciaO Fórum Nacional de Previdência Social não conseguiu impor ao movimento sindical nenhuma das linhas-mestras de seu projeto.

  • O meio ambiente em 2007: retrospectiva

    Meio Ambiente2007 foi um ano que não deixará muitas saudades, do ponto de vista ambiental. Danilo Pretti Di Giorgi, Rodolfo Salm e Rogério Grassetto.

  • O natal de Jonatan

    ConsumismoConsumir chega a ser um imperativo, o único grito que se ouve. Tudo o mais passa despercebido e o consumidor repete em uníssono: “o mercado sou eu”. Wilson Lopes

  • Quase como começou

    BrasilOs neoliberais passaram a aceitar o crescimento como palavra de ordem, mas procuraram pautar os rumos do governo e das forças sociais e políticas.