Edição 546

  • A política econômica está mudando?

    LulaLula tem muito claro que a correlação de forças políticas do Brasil de hoje não permite a ele realizar um governo autenticamente petista. Assim, ele executa um programa intermediário, repleto de concessões ao capital financeiro, acordos com a elite industrial e do agronegócio nacional.
  • Maio também pode ser vermelho

    Fernando SilvaNo mundo real, o que estará em pauta na reunião do Fórum Nacional de Mobilização e no diálogo com setores como o MST é colocar em prática uma jornada que permita construir de forma unificada a resistência.
  • Visita do Papa legitima política de "criminalização da pobreza"

    Centro de São Paulo
    Centro de São Paulo, alvo de políticas de higienização pela gestão
    de Gilberto Kassab (Foto: Paisagens Urbanas)
  • Pesadelo americano: Iraque unido

    baghdadmapa.jpgA provável aliança xiita-sunita é um pesadelo para o governo Bush. Ela tornaria a insurgência mais forte, pois ganharia mais apoio da população, o qual, aliás, já conta com 79% (pesquisa da BBC).
  • Marina, Beto, Sofia

    XadrezGuardamos nossas experiências vividas no interior, como em uma enciclopédia dos fatos. Quem passou uma grande perda está mais preparado para outras. Não só outras perdas, mas para o imprevisível.
  • Vão seqüestrar o meu trema!

    PerisséAceitarei de bom grado tudo, menos a queda do trema. Os “linguistas” sem trema me fazem pensar que a língua será “linga”. Os “bilingues” e “trilingues” estarão mais próximos do estilingue.

  • Tarefas de recomeço

    RumosÉ um suave deslocamento, coisa de milímetro, mas seu sentido é claro: o governo foi para a direita e o movimento pela mudança busca se recompor na bitola larga da mobilização cidadã.
  • Toda pobreza será ocultada

    A visita do Papa deve ser um estímulo ao avanço da democracia. Trágico será ela servir de pretexto para legitimar uma política de criminalização da pobreza.
  • Uma justiça de classe

    justicagrita.jpgEm um país que se pretende democrático, não cabe uma justiça de classe: atenta e prestativa às camadas ricas da população; míope no ver o direito dos pobres; e surda aos seus clamores. Por Plínio de Arruda Sampaio, Fábio Konder Comparato e José Afonso da Silva.
  • Ameaças à Terra Indígena Kayapó

    indiocirculo.jpgA explosão populacional e o clima de desgoverno aumentam muito a probabilidade de alguém, apontando para a Terra Indígena Kayapó, dizer “ali não tem ninguém, vamos fazer uma rocinha”, como alertou o Paiakan. Por Rodolfo Salm.
  • Imigrantes: protagonistas de outra integração

    imigrantes.jpgNa Alemanha, de duas mil solicitações de asilados, só 11% conseguiram asilo. Conseqüência disso é o fato que, a cada ano, mais de 30 mil pessoas são deportadas, apesar da luta das organizações contra as políticas de exclusão social. Artigo de Paulo Illes e Lorena Bernuy.
  • Irã: a ameaça de uma guerra nuclear

    bandeiraira.jpgHá indicações indiretas de que os EUA lançarão um ataque nuclear ao Irã já em abril de 2007. Após a primeira explosão nuclear, a espécie humana encontrar-se-á num mundo inteiramente novo, um mundo absolutamente desumano. Por Leonid Ivashov.

  • Tréplica ao ex-ministro José Dirceu

    maobelindia.gifOs movimentos sociais já perceberam que “a disputa de rumos do governo”, como propõe o ex-ministro, não se fará apenas nos corredores do Palácio do Planalto. Por Altamiro Borges.
  • Conselho de Contribuintes é o novo alvo do Ministério da Fazenda

    170407dinheiroralokipper.jpg
  • Cabresto e garrote

    dinheirohomensapoiados.jpgO processo de elaboração normativa no país em matéria tributária tem se deslocado do Poder Legislativo para o Executivo. As medidas provisórias são o seu instrumento, como o foram no passado o Decreto e o Decreto-lei.
  • Geddel e a transposição

    semterraseca.jpgÉ bom Geddel saber o quanto antes que não existe mais saída honrosa para os governos federal e estadual. O mal menor é arquivar a transposição e a saída é implementar as obras da ASA e da ANA. Escrito por Roberto Malvezzi.

  • BNDES na mira dos neoliberais

    brbandeiragrito.jpgAlém do Banco Central, que hoje está sob controle dos banqueiros e que faz questão de empacar o PAC, o setor financeiro quer agora abocanhar os volumosos recursos do BNDES.
  • Mudanças climáticas, causas e conseqüências econômicas

    terraesquentando.jpgA mesma mídia que transmite sobre catástrofes previsíveis – fundamentadas ou meramente conjeturais - pouca atenção presta à maneira como as economias industriais dominantes, tendo os Estados Unidos como protagonista, tratam dessa questão. Guilherme C. Delgado.
  • O controlador, a chibata, a águia e o rato

    brcarroca.jpg1910: entregues os navios, sob a pressão da oficialidade da Marinha, ofendida nos pundonores pela quebra da hierarquia, preparou-se a traição à anistia, através de provocação governamental. Artigo de Mário Maestri.