0
0
0
s2sdefault

O ministro borbônico age como mero serviçal dos interesses do mercado, do agronegócio, do capital e do sistema financeiro.

0
0
0
s2sdefault

Não refrescou nada a redução para 9,5% ao ano da taxa básica nominal de juros, a popular SELIC.

0
0
0
s2sdefault

Com seu salário mínimo, os venezuelanos podem comprar menos de 1/5 da comida dos colombianos mais pobres.

0
0
0
s2sdefault

Elencamos medidas que, aplicadas em conjunto, produziriam imediatamente redistribuição da riqueza e, por isso, crescimento.

0
0
0
s2sdefault

Exportar petróleo em troca de dólares sem lastro não irá desenvolver o Brasil.

0
0
0
s2sdefault

Nosso objetivo é debater pública e transparentemente a visão estratégica que conduz o destino da maior empresa do país.

0
0
0
s2sdefault

Contribuição ao livro Geopolítica e poder: Brasil, uma potência mundial energética? da Escola Superior de Guerra.

0
0
0
s2sdefault

Os gestores temerários da Petrobras serão – na verdade já são – cobrados na justiça e condenados pela História.

0
0
0
s2sdefault

Desmentimos o show de contrainformações a serviço do mercado divulgadas pelo MME.

0
0
0
s2sdefault

O governo quer vender mais “geografia” ao listar as usinas da Eletrobrás abalroadas pelo tiro no pé da MP 579 de Dilma.

0
0
0
s2sdefault

Estimamos o impacto da corrupção e dos investimentos em ativos ditos improdutivos no seu endividamento.

0
0
0
s2sdefault

Não se trata de nenhuma reivindicação revolucionária, mas de seguir os passos ensinados pelos próprios Estados Unidos da América.