0
0
0
s2sdefault

 

As eleições presidenciais vêm aí e Obama quer eleger seu sucessor. Nem pensa em perder votos e embarca nas exaltadas exigências do War Party. Já Hollande não está nem aí. Numa união que se forma entre França e Rússia, os aviões e naves de guerra dos dois países já estão atuando de forma coordenada,

0
0
0
s2sdefault

altNo fim deste ano, Obama resolveu cumprir sua promessa de 2009. Vetou o orçamento de Defesa para 2016, que continha autênticos jabutis. Foi apenas um gol, é verdade que decisivo. Ele precisa marcar outros para o jogo acabar com vitória. No entanto, o mais difícil já foi feito.

0
0
0
s2sdefault

altA luta de Jeremy Corbyn, em 30 anos, tem objetivos bem modernos. Seu principal alvo é combater o tipo de austeridade financeira que busca o equilíbrio às custas dos sacrifícios das classes trabalhadoras e do Estado do Bem Estar Social. Pode ser considerado um esquerdista moderno, como os líderes do Syriza e Podemos.

 

0
0
0
s2sdefault

altNão há como dizer que a diferença de tratamento dado aos países islâmicos tem a ver com direitos humanos. Para o Ocidente, bons amigos podem violá-los. É uma estratégia furada. Custa muito dinheiro, muitos soldados mortos e muita perda de respeito na opinião pública internacional.

0
0
0
s2sdefault

altNa Operação Haymaker, um programa especial no nordeste do Afeganistão, os drones mataram 35 indivíduos listados como terroristas. Pena, que, junto com eles, 219 civis não identificados foram também assassinados.

0
0
0
s2sdefault

alt “Nada aconteceu porque todos eles (os EUA, Reino Unido e França) e muitos outros estavam convencidos de que Assad seria expulso do seu gabinete em poucas semanas”.

0
0
0
s2sdefault

altAbbas, está admitindo o seu fracasso. Com a extrema-direita dando as cartas em Israel seria impossível conseguir a paz numa boa. Ele irá à Assembleia Geral da ONU para declarar a saída dos palestinos dos Acordos de Oslo.

0
0
0
s2sdefault

altSe o bebê queimado vivo foi um crime anunciado por sete outros lares incendiados, ele não deve anunciar o fim da impunidade, causada pelo ódio aos árabes. Não enquanto Israel for governado por políticos que se promoveram surfando nessa onda.

 

0
0
0
s2sdefault

altObama demonstra estar mais preocupado em impedir que a Rússia colabore na queda do ISIS e na paz na Síria do que em resolver esses dois importantíssimos problemas. Sua oferta de união aos norte-americanos para ajudar o Iraque a se livrar do ISIS merece palmas. O mesmo para sua atuação na Síria, atacando os bárbaros do Estado islâmico e os terroristas.

0
0
0
s2sdefault

altMas e os EUA? Com o veto deles, nada feito. Obama já deu os maiores sinais que, desta vez, vai pensar bem antes de dizer amém a Israel. Está em jogo a proclamação de independência da política externa norte-americana.

0
0
0
s2sdefault

altA grande surpresa é que, apesar de se declarar socialista, algo tradicionalmente considerado um palavrão pelo eleitor médio estadunidense, Bernie Sanders vai muito bem nas pesquisas das primeiras prévias do Partido Democrata.

0
0
0
s2sdefault

 

altNo Congresso, a vitória dos comandados por Netanyahu. Nesse caso, Obama já prometeu que vetará. Se ele contar com pesquisas de opinião favoráveis, terá mais força para convencer os democratas a não darem os 12 votos necessários para derrubar seu veto.