0
0
0
s2sdefault

altJá se preparando para a festa da Copa do Mundo e o processo eleitoral subsequente, o governo brasileiro tenta acelerar as pautas de enrijecimento das leis penais. O advogado Rodolfo Valente em entrevista ao Correio, acredita que a repressão realmente virá com toda a sua força, uma vez que “faz uma aposta no conservadorismo”.

0
0
0
s2sdefault

altVeja as matérias e entrevistas sobre as grandes movimentações populares de 2013

 

0
0
0
s2sdefault

alt“O confronto não acontece por uma postura específica na manifestação, por quebrar alguma coisa etc. Acontece quando existe interesse por parte da burguesia, ou por parte de sua polícia”, disse Marcelo Hotimsky, militante do MPL, em entrevista ao Correio.

0
0
0
s2sdefault

altUm embate entre governos de plantão e suas políticas de Estado mínimo e uma categoria que não só defende salários melhores como discute o modelo de educação. Em parceria com a Central3, conversamos com Ivanete Silva, do Sindicato dos Professores do Rio (Sepe).

0
0
0
s2sdefault

altParte mais do que interessada nos debates sobre reajustes de tarifa e passe livre, que agitaram o Brasil de forma espetacular no ano passado, os trabalhadores rodoviários de Porto Alegre promoveram uma grande e rara mobilização na categoria.

0
0
0
s2sdefault

altApós a morte dos operários Fabio Luiz Pereira e Ronaldo Oliveira dos Santos nas obras do estádio de Itaquera, o lado obscuro dos megaeventos voltou a emergir. “Com certeza existe pressão sobre os prazos de entregas. Contatamos uns três operários. O medo deles de falar e se identificar é visível.

0
0
0
s2sdefault

altVozes como a do petroleiro Emanuel Cancella insistem em alertas que não devem calar: “Os valores em jogo são muito maiores (do que o propalado US$ 1,5 trilhão). Esse petróleo transformado em diesel, em querosene de aviação e, principalmente, em produtos petroquímicos, tem um retorno muito maior.

0
0
0
s2sdefault

altA USP voltou a ser posta de manifesto, após a decisão do movimento estudantil em ocupar a reitoria, em moldes diferentes de 2011. O Correio conversou com Luisa D’Avola, uma das portavozes do DCE uspiano.

0
0
0
s2sdefault

altNo dia 27, Daniel Biral, dos Advogados Ativistas, que cuidava do caso de Fabrício Proteus Chaves – baleado pela PM durante manifestação –, recebeu um aviso ao deixar a Santa Casa (onde seu ex-cliente estava internado), que pode ser entendido como ameaça de morte.

0
0
0
s2sdefault

altO fechamento de um serviço de saúde que atende crianças com problemas cardiológicos graves não é uma questão importante? Ou ainda uma pergunta mais profunda: vivemos realmente em uma democracia?

0
0
0
s2sdefault

altPara os que têm dúvidas como eu, repetiria o que me disse um colega há muitos anos numa greve: “eles estão errados, mas se a repressão está do outro lado, eu não tenho dúvida. Estarei sempre do lado de cá”.

0
0
0
s2sdefault

altA excessiva cobertura de confrontos pontuais acabou ofuscando a organização e a agenda dos professores, que começaram muito antes destes últimos atos e cuja relevância para o desenvolvimento brasileiro é infinitamente superior a qualquer outra abordagem oportunista. “