I Encontro Nacional do Luta Popular e Marcha da Periferia

0
0
0
s2sdefault

Resultado de imagem para luta popular
Nos dias 16, 17 e 18 de novembro, o Luta Popular realizará seu I Encontro Nacional. Serão dias intensos de formação da militância, de organização do movimento, de planejamento para as ações dos dias que vêm, e de podermos dividir e compartilhar com os parceiros nossas elaborações, nossas perspectivas, nossas experiências, e também confraternizar.

Acreditamos que é momento fundamental de avançarmos na unidade sindical e popular, das diversas formas de ser, de lutar, e de se organizar da nossa classe, sobretudo entre o povo mais pobre, precarizado, espoliado, que é onde nos construímos.

O encontro terá três momentos.

16/11

O primeiro deles será um seminário de formação. Os temas serão:

Manhã > "A formação da classe trabalhadora e as lutas territoriais", com duas apresentações, de Helena Silvestre e Hertz Dias.
Tarde > "A importância do território para na exploração capitalista", com Nazareno Godeiro do Instituto Latino-Americano de Estudos Socioeconômicos.

17/11

Teremos uma plenária de organização e confabulação dos próximos passos das lutas que seguiremos intensamente construindo!

18/11

Neste dia faremos uma ATIVIDADE POLÍTICO-CULTURAL, para a qual queremos contar com a presença de todas as parceiras e parceiros.

Faremos nossa "Marcha da Periferia" pelo dia 20 de novembro - dia de luta! Não aceitamos mais escravidão, nem racismo, nem genocídio, nem correntes, nem grades, nem ditadura, nem a morte de mais nenhum dos nossos e das nossas!

09:00 > Começaremos com um pequeno documentário sobre o Luta Popular, depois abriremos para falas, depoimentos e "salve" de todas e todos os presentes. Isso será intercalado com intervenções culturais.

10:00 às 14:00 > Se você vier, além de dar um "salve" pro nosso encontro, traga uma poesia, uma música, uma apresentação... A cultura também é importante ferramenta de expressão do nosso desejo e necessidade  de mudar o mundo!

Já estão confirmadas apresentações de teatro (Palhaços sem Fronteiras), reggae e black music (Movimento dos Colecionadores de Reggae de Osasco), forró na rabeca (Quarteto na Imenda) e samba (Pagode dos Parça).

> E a partir das 14:00 vai rolar um churrasco de almoço coletivo, com música e confraternização. Quem puder, traga alguma contribuição solidária.

Luta Popular.

Fale Conosco

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados