Metrô-SP contrata gestor da Odebrecht

0
0
0
s2sdefault

Durante audiência pública nesta segunda-feira (29) na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), metroviários apresentaram denúncia formal de conflito de interesses.

A Frente Parlamentar em Defesa do Metrô realizou nesta segunda-feira  (29 de maio), às 19h, a Audiência Pública Contra a Privatização do Metrô. Durante o evento, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo apresentará denúncia formal contra a contratação de Lucas Benevenuto para a chefia da Área de Viabilidade de Empreendimentos da Companhia.

O departamento é responsável pelas concessões, PPPs e terceirizações no metrô. Benevenuto, contratado em abril, consta como sócio da empresa Benevenuto Engenharia S/S Ltda, de propriedade também de Pedro Benevenuto.

Pedro, que também é pai de Lucas, foi exonerado após denúncia divulgada em 2013 pelo jornal 'Folha de S. Paulo', de que teria vazado informações internas para empresas envolvidas no "Cartel do Metrô".

Lucas deixou a gerência comercial da Odebrecht e antes foi funcionário da Andrade Gutierrez.

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados