topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...

Resenha

A montanha que devemos conquistar

Imagem

  A montanha que devemos conquistar - reflexões sobre o Estado, István Mészáros, 192 págs, Editora Boitempo, Ano 2014
Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem

 


Artigos por data

 Apr   May 2015   Jun
SMTWTFS
   1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

'Índios e camponeses ficaram em segundo plano na Comissão da Verdade'
ESCRITO POR Redação

Imagem
  No apagar das luzes de 2014, a Comissão Nacional da Verdade encerrou seus trabalhos e apresentou um relatório de mais de 4000 páginas. Para dar sequência às entrevistas em vídeo sobre este importante reencontro com a história, o Correio da Cidadania conversou com Marcelo Zelic, presidente do Grupo Tortura Nunca Mais, que colaborou com a Comissão nas pesquisas sobre os crimes contra os índios brasileiros de dez etnias.
Paraná: genealogia de um massacre
ESCRITO POR Gilberto Calil (texto e fotos)

Imagem
A violenta repressão policial contra professores, estudantes e servidores públicos do estado do Paraná, no dia 29 de abril de 2015, teve repercussão mundial. O massacre perpetrado por um assustador contingente de policiais militares contra 20 mil manifestantes produziu mais de 200 feridos e cenas de selvageria que correram o mundo. Como chegamos a esta situação? O que estava em jogo? Por que o governo do Paraná decidiu impor uma repressão tão violenta e desproporcional?  
Leia mais...
A conciliação de classes e a lei das terceirizações
ESCRITO POR Justino de Sousa Junior

Imagem
Para a maior parte da população já ficou evidente que o PT e seus governos não se distinguem sensivelmente dos demais, nem no projeto sociopolítico, nem nas maneiras de fazer política ou de gerir o Estado. E esse foi o pior desastre causado pela experiência do lulismo. Em situações de aprofundamento das tensões econômicas e políticas, os gestores do Estado são forçados a adotar as medidas necessárias para resolver os impasses ou atendendo às expectativas dominantes ou rompendo com elas. A lei das terceirizações mostra que esse governo tende a se chocar cada vez mais com a base social que o gerou.
Leia mais...
‘Para os índios, só resta retomar as terras por conta própria’
ESCRITO POR Gabriel Brito, da Redação

Imagem
A causa indígena brasileira encontra-se num ponto culminante de sua história. De um lado, o capitalismo avança como nunca antes, conquistando todos os recantos inexplorados economicamente, sob forte apoio estatal; de outro lado, as centenas de povos indígenas atingiram um nível de mobilização e unidade inédito. Dentro de tal contexto, conversamos com Sassá Tupinambá, ativista da causa indígena e dos direitos humanos, a respeito da recém-encerrada Semana Nacional de Mobilização Indígena.
Leia mais...
Neste 1º de maio de 2015, o que iremos celebrar?
ESCRITO POR Waldemar Rossi

Imagem
Embora com um mentiroso discurso de resistências, a Força “Farsa” Sindical promove mais uma “comemoração” do DIA DOS TRABALHADORES com grandioso show e com sorteio de 19 carros Hyundai, tudo bancado pelas mesmas empresas que nos exploram. Felizmente, em várias cidades do Brasil, ainda restam sindicatos e sindicalistas que não aceitam o roubo e não se venderam aos interesses dos exploradores. Somados à força das Pastorais Sociais da Igreja Católica, organizam a celebração do 1º DE MAIO independente e de verdadeira resistência ao assalto do capital, com destaque para a celebração em São Paulo, na Praça da Sé.
Leia mais...
‘O descaso e até o escárnio do governo brasileiro com os direitos constitucionais dos povos indígenas é assustador’
ESCRITO POR Dom Erwin Krautler

Imagem
“O atual governo, ao favorecer abertamente os ruralistas, mostra-se intransigente para com os povos indígenas e quilombolas. Não aceita diálogo com líderes indígenas e rejeita qualquer questionamento ou crítica aos seus planos e projetos desenvolvimentistas. Essa postura arrogante estimula a perseguição e as violências contra os povos indígenas”, afirma D. Erwin Kräutler, bispo do Xingu e presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), em pronunciamento feito na Assembleia Nacional da CNBB.
Leia mais...
Sinais de fumaça no ar do Brasil!
ESCRITO POR Maria Orlanda Pinassi

Imagem
Só pela violência a democracia vem tentando controlar as lutas. E para isso uma ditadura nos moldes de 64 não tem se mostrado assim tão necessária, pois, para grande parte da população brasileira, sobretudo se ela for pobre, negra, trabalhadora, inconformada, a violência do Estado, seja ele petista, peessedebista, não é ameaça, é uma realidade.
Leia mais...
Ontem: Golpe, Impeachment, Renúncia; hoje: Manipulação e Despolitização
ESCRITO POR Achille Lollo, de Roma (Itália) para o Correio da Cidadania

Imagem
Hoje, o Golpe de Estado, o impeachment e a renúncia não são necessários, porque não existe uma conjuntura “pré-insurrecional”, ou de descontrole institucional, que obriguem o mercado e o Império a tomar decisões excepcionais. Por isso, cabe à “grande Mídia” desarmar ideologicamente o movimento popular e os setores de esquerda mais legalistas. A volta, por sua vez, das manifestações contra o governo, organizadas por conservadores, tenciona empurrar o governo Dilma cada vez mais para os braços do mercado, em um mortífero abraço para o PT e o lulismo.  
Leia mais...
Saúde pública e universal é alvo silencioso de cortes e privatizações
ESCRITO POR Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação

Imagem
Emenda Constitucional 86, Lei 13019, PEC 451… Se não ouviram falar de tudo isso, saibam que são parte de um mesmo pacote. No caso, um pacotaço que atinge em cheio a área da saúde pública brasileira e, mais precisamente, o Sistema Único de Saúde (SUS), um dos mais respeitados projetos de universalização do atendimento médico em todo o mundo. É disso que conversamos com Paulo Spina, do Fórum Popular da Saúde de SP.  
Leia mais...
‘O Brasil é um produtor de mães de maio’
ESCRITO POR Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação

Imagem
“Uma luz no fim do túnel”. É assim que Debora Silva Maria, liderança do movimento das Mães de Maio, define a criação da ‘Comissão da Verdade da Democracia – Mães de Maio’, recém-aprovada pela Assembleia Legislativa de São Paulo. Para ela, que perdeu o filho nos famosos choques entre Estado x PCC em maio de 2006, no qual centenas de pessoas comprovadamente inocentes foram assassinadas pelas forças policiais, o Estado precisa reconhecer sua responsabilidade na histórica violência contra os mais pobres.  
Leia mais...
‘O PL 4330 é o maior ataque aos direitos dos trabalhadores na história do Brasil’
ESCRITO POR Gabriel Brito, da Redação

Imagem
Se o ano já está difícil para a maioria da população brasileira, a situação ainda pode ganhar contornos de liquidação total. É o que se conclui, do ponto de vista de quem trabalha, do Projeto de Lei 4330/04, que permite a terceirização de todas as atividades-fim de uma empresa,  em tramitação no Congresso, aquele que deveria ser caixa de ressonância da população, mas virou escritório de despacho dos financiadores de campanha. Sobre esse quadro aterrador, entrevistamos Edson Carneiro, o Índio, da coordenação nacional da Intersindical.
Leia mais...

Política

Depressão cívica

Frei Betto
05.05.2015 

Sem um projeto histórico capaz de encarnar princípios éticos inquestionáveis, reorganizar a esperança das bases populares e sinalizar efetivas mudanças estruturais, não creio que haveremos de enxergar luz no fim do túnel.

Ordem é ninguém passar fome e Progresso é o povo feliz

Otto Filgueiras
05.05.2015 

A violência sanguinária recente da PM do governador tucano Beto Richa contra os professores do Paraná repete o que já acontece em vários estados do Brasil e contra pobres e negros nas periferias das cidades. A repressão é a resposta dos neoliberais à crise capitalista. E vai continuar.

Primeiro passo

Wladimir Pomar
28.04.2015 

O governo formalmente dirigido pelo PT ingressou, sem ouvir sua base social e política de apoio, e sem ouvir o próprio partido, no caminho de um “ajuste fiscal”. Este penaliza principalmente aos trabalhadores e aos setores sociais intermediários, e premia o sistema financeiro.

Proteção integral é direito

Osvaldo Russo
27.04.2015 

Os adolescentes que praticam ato infracional querem estudar e possuem sonhos, mas é preciso adotar métodos mais eficazes de ressocialização para além dos limites da internação, conforme diretriz do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

De onde vem o conservadorismo?

Mauro Iasi
24.04.2015 

Enganam-se os que querem restringir o pensamento conservador a uma categoria de eleitores. O alvo é outro: os trabalhadores. Por isso o abandono das demandas próprias de nossa classe pelo governo de pacto social é o caminho mais rápido para dotar a alternativa de direita da base social que ela precisa.

ADI 1923: legitimação e ampliação da terceirização no setor público

Jorge Luiz Souto Maior
23.04.2015 

A luta contra o PL 4.330/04 precisa continuar, por certo, mas há de se reconhecer que a desarticulação e um envolvimento mais consistente contra a terceirização em si, em todos os níveis, já deixaram essa grande baixa, que foi o julgamento da ADI 1923.

Maioridade penal: arte-educação e nonsense autoritário

Plinio Gentil
23.04.2015 

Sensação de “nonsense” no discurso da redução da maioridade penal. Quem são os pregadores da ideia? Conhecedores da vida do jovem na periferia? É nele que vai recair o peso da lei. A falta de perspectiva é a maior falta.

Gritam Impeachment e querem a renúncia

Mário Maestri
09.04.2015 

Em verdade, a reorganização institucional do país já se iniciou através de projetos de lei sobre a maioridade penal; sobre a lei antiterrorismo; com a proposta de autonomia do Banco Central; com a discussão de reforma eleitoral etc.

Chico de Oliveira: ‘não acredito em impeachment nem em renúncia’

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação
02.04.2015 

Em meio ao mar de incertezas que pauta 2015, parcelas da sociedade guardam expectativas de que alguma mudança de peso estaria em vias de se gestar e a fortaleza do poder está ameaçada. Porém, não é assim que pensa o sociólogo Francisco de Oliveira, em entrevista concedida ao Correio.

‘Hegemonia lulista pode estar se esfacelando’

Gabriel Brito e Valéria Nader, da Redação
25.03.2015 

Para debater um quadro tão complexo, o Correio da Cidadania entrevistou o sociólogo Ruy Braga, reconhecido estudioso do mundo do trabalho. “Há uma sensação de profundo mal estar com relação às medidas do governo".

Falência do PT gera instabilidade política

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação
16.03.2015 

Ricardo Antunes, sociólogo e professor da Unicamp, com uma linguagem fluida e arguta, ajuda a refletir sobre um país que parece à beira de um literal precipício. Logo no início de sua entrevista, não faz rodeios para afirmar que “talvez possamos começar dizendo que o segundo governo Dilma, e quarto do PT, é quase natimorto".

População pagará pela desastrosa gestão PT-PMDB no setor elétrico

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação - Colaborou Raphael Sanz
23.02.2015 

O setor elétrico também começa a ganhar espaço nos temores da população a respeito de crises de abastecimento e aumentos tarifários. Para analisar esse complexo tema, o Correio da Cidadania entrevistou o engenheiro Célio Bermann, um dos principais especialistas do país em energia e sustentabilidade.

‘Agentes externos, internos, mídia e setor financeiro querem abocanhar a Petrobras’

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação
13.02.2015 

Tal como já analisado por este Correio. estamos diante de “disputas intercapitalistas” entre variados e pujantes setores, o que, obviamente, não poderia deixar o petróleo e a Petrobrás de fora. Essa é a discussão que se faz na entrevista com Felipe Coutinho, novo presidente da AEPET

Guilherme Boulos: ‘O modelo petista de governabilidade se esgotou’

Gabriel Brito e Valéria Nader, da Redação
03.02.2015 

“Vimos que a opção da presidente Dilma de construir uma política neoliberal logo no início de 2015 é expressão do esgotamento de um modelo”. Foi assim que Guilherme Boulos, dirigente do MTST, definiu o momento político em que se encontra o país, em entrevista ao Correio.

Brasil nas Ruas

Luta pelo Parque Augusta dialoga com todas as pautas pelo direito à cidade

Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação
23.03.2015 

Cercado por um dos mais intensos processos de verticalização urbana em São Paulo, o entorno da rua Augusta caminha a passos largos para deixar de ser uma referência da boemia e tornar-se mais um símbolo de gentrificação. O Correio conversou com Daniel Scandurra, representante da ocupação do parque.

‘Constrói-se clima de tensão no país, para amedrontar protestos por direitos’

Gabriel Brito e Paulo Silva Jr, da Redação
13.03.2015 

Para discutir conjuntura sob fortes tensionamentos, o Correio da Cidadania conversou com Natalia Szermeta, da coordenação do MTST, um grande aglutinador da atualidade nos movimentos sociais e grupos políticos contrários aos ajustes econômicos.

Maré: “O padrão de violência que a polícia imprimia se repete na atuação do exército”

Gabriel Brito e Paulo Silva Jr, da Redação
06.03.2015 

Enquanto se discutem graves problemas políticos e econômicos pelos quais passa o Brasil, a maioria das pessoas não atenta para outro processo tão ou mais nocivo à democracia: a crescente militarização da vida cotidiana. Entrevista com Eliana Sousa e Silva, coordenadora da Redes de Desenvolvimento da Maré.

Greve do Paraná dá o sinal de radicalização social contra um ano de arrochos

Gabriel Brito, da Redação
28.02.2015 

Uma das maiores greves registradas no Brasil recentemente já completa um mês, mobiliza dezenas de categorias de servidores públicos, coloca dezenas de milhares de pessoas nas ruas e quase não é noticiada país afora. Entrevista com o historiador Gilberto Calil.

Social

Bancada da Jaula: os interesses e doações milionárias por trás da redução

Redação da Revista Vaidapé
27.04.2015 

O deputado federal Silas Câmara (PSD-AM) é o caso mais escancarado dos interesses econômicos que permeiam a discussão sobre a redução da maioridade penal. Nas eleições de 2014, ele recebeu R$ 200 mil de uma empresa chamada Umanizzare, que gere presídios privatizados.

Argumentos a favor da greve dos professores

Valerio Arcary
10.04.2015 

Os argumentos mais frequentes contra as greves de professores são bem conhecidos, porque repetidos à exaustão nas TV’s e rádios. Não obstante, vale a pena examiná-los, até porque é muito raro que haja a oportunidade de respondê-los nas mesmas mídias. Refutaremos os nove mais comuns.

‘Os poderes jurídicos brasileiros não dão relevância à vida do negro’

Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação
02.04.2015 

Chacinas como a do Cabula, com 14 mortes e 5 desaparecidos, e da Mangueirosa, em Belém, cujo número de mortos segue incerto, são, talvez, a verdadeira síntese do processo político brasileiro. É disso que tratamos ao falar com Hamilton Borges, membro da Campanha Reaja ou Será Morto(a).

Greve dos professores de SP vai muito além do reajuste salarial

Raphael Sanz, da Redação
01.04.2015 

Em meio às manifestações dos últimos dias 13 e 15 de março, que ganharam destaque na dita “grande” imprensa, houve um levante dos professores estaduais de São Paulo completamente ignorado pelos meios de comunicação. O Correio conversou com a professora de História Silvana Soares de Assis, que já leciona há 28 anos.

Internacional

TISA: a banalização do mal

Antonio Elías
17.04.2015 

A entrada do Uruguai nas negociações do Trade in Services Agreement (Acordo de Comércio de Serviços – TISA) requer várias ponderações, dado que o processo de discussão pública que se iniciou sobre o tema carece em grande medida de uma fundamentação sólida.

Mil mentiras sobre a Venezuela

Juliano Medeiros
17.04.2015 

Caro leitor, quando se deparar com uma "reportagem" reproduzida inadvertidamente por um jornalão brasileiro, assinada por um jornalista irresponsável ou preguiçoso, desconfie. Nem tudo - ou quase nada - o que se diz sobre a Venezuela no Brasil é verdade.

Israel, Arábia Saudita, EUA e Irã diante da nova conjuntura política e estratégica no Oriente Médio

Achille Lollo, de Roma para o Correio da Cidadania
10.04.2015 

O mercado acredita que, com a volta do Irã à produção de 4 milhões de barris de petróleo por dia, e outra quantidade imensa de gás, os preços dos mesmos alcançarão uma estabilidade definitiva, do momento que o volume do potencial produtivo do Irã será o antídoto contra os caprichos das monarquias da Arábia, Catar e Kuwait.

Irã sem bombas: o acordo garante?

Luiz Eça
08.04.2015 

Até a data de assinatura final do acordo, o líder israelense terá ainda quase três meses para lançar novas provocações tentando jogar a opinião pública contra o Irã. É de se crer que não conseguirá.

Economia

Causa mater

Paulo Metri
05.05.2015 

Plagiando o coronel Passarinho, os donos desta mídia devem pensar “que o conceito de igualdade de oportunidade na mídia para todos os grupos vá às favas. Vamos deixar de lado os pruridos. A mídia é nossa e nós entrevistamos quem nós queremos”.

‘Dinheiro tem, mas vai para o lugar errado’

Raphael Sanz, da Redação
16.04.2015 

Em tempos de grave crise, debater a questão da dívida pública se faz essencial. A Auditoria Cidadã quer mostrar à população que o país tem, sim, dinheiro para investir nas áreas hoje em crise, mas esse dinheiro tem sido destinado para o pagamento de juros e amortização.

Crise econômica, programa anticíclico e ‘ajuste fiscal’: fatos e manipulações

Guilherme C. Delgado
14.04.2015 

Programa anticíclico calcado no crescimento no eixo das ‘commodities’ gera crise fiscal e não crescimento sustentado. Isto já está admitido pela própria Dilma. Programa ortodoxo de ajuste fiscal gera mais contração econômica. Vejam a situação dos endividados da zona do Euro.

A Presidência acéfala e o programa único de Levy

Luis Fernando Novoa Garzon
25.03.2015 

O golpe já aconteceu sem precisar do golpe em si. Dilma já foi impedida na prática e ela parece se sentir muito à vontade assim. A midiatização e carnavalização dos protestos contra a corrupção bastou para que se acionasse um gabinete de emergência, que passou a unificar a execução e a gestão do ajuste.

Meio Ambiente

Meio ambiente violentado

Heitor Scalambrini Costa
05.05.2015 

Com tantas notícias negativas em nosso país relacionadas ao meio ambiente, uma novidade alvissareira é a de que o papa Francisco lançará em breve a sua 1ª encíclica, que abordará o tema “meio ambiente e pobreza”. Esperamos que o “maior país católico do mundo” se sensibilize.

A decadência econômica do rio São Francisco

Roberto Malvezzi (Gogó)
29.04.2015 

O Velho Chico definha a olhos vistos. Agora, os que se beneficiam do rio – setor elétrico, irrigação, agro e hidro negócios etc. – começam a sentir na pele o resultado do processo destrutivo. O futuro dessas atividades econômicas está atrelado inexoravelmente ao futuro do rio.

Cultura e Esporte

Liquidez, Liquidificador, Liquidação

Daniel Chutorianscy
27.04.2015 

Aparentemente, o que teria uma coisa a ver com outra? Liquidez, liquidificador, liquidação? E se sua combinação fosse um ritmo musical, ou parte de uma poesia, ou uma brincadeira de crianças? Que bom se assim fosse...

Ana Montenegro: 100 anos de uma feminista de classe

Milton Pinheiro
17.04.2015 

Ana Montenegro, exilada política, separada e mãe de dois filhos, teve um deles (Miguel) morto durante o exílio: era uma mulher feita de aço e pétalas. Ela faleceu em 30 de março de 2006.

Galeano: original e profundo

Atilio A. Boron
15.04.2015 

Eduardo não escrevia para a igreja, pois seu objetivo era chegar com sua voz a todos os inconformados, aos oprimidos e explorados que encontravam em sua linguagem um valioso instrumento para compreender e explicar a realidade.

Fantasia, esquecimento e memória

Cassiano Terra Rodrigues
05.01.2015 

Ao invés de apresentar algo como o protagonismo de ações coletivas e populares contra o racismo e a escravidão, Django Livre reafirma o mito do herói individual (assim como o último filme de Spielberg, Lincoln), numa clássica operação que já foi descrita como “política do silenciamento”.

 

Editorial

O começo da resistência e o silêncio da grande mídia


A hipótese que este dia 15 de abril colocou é a possibilidade de ir além da inócua e hipócrita briga de facções que se instalou no país, com a constituição de uma alternativa de resistência nas ruas à onda de retrocessos e ataques a direitos.   Mas talvez a contradição mais escandalosa verificada nas manifestações do 15 de abril foi a atitude da grande mídia corporativa, que escondeu a marcha de 40 mil pessoas em  São Paulo.

Leia mais...

Vídeos

Entre a cheia e o vazio

Imagem

A cheia histórica do rio Madeira em 2014 e seus nexos com as UHEs Santo Antônio e Jirau.  
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Igor Fuser: 'A Globo é o principal agente da imbecilização da sociedade brasileira'


A Rede Globo de Televisão está completando 50 anos de existência em abril de 2015. Este instrumento de manipulação da burguesia opera como o principal agente da imbecilização da sociedade brasileira no plano cultural, na opinião de Igor Fuser, jornalista e professor de Relações Internacionais na Universidade Federal do ABC (UFABC).
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates