topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Para assinar o boletim de notícias preencha o formulário abaixo:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...

Resenha

Daniel Aarão Reis e a biografia de Luiz Carlos Prestes: a falsificação da história por um historiador

Imagem

  Luís Carlos Prestes. Um revolucionário entre dois mundos, de Daniel Aarão Reis, Editora Companhia das Letras, 592 págs, Ano 2014  
Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Dec   January 2015   Feb
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Cidadão é o maior penalizado por 20 anos de gestão irresponsável da água em SP
ESCRITO POR Marcelo Pompêo

Imagem
  Nestes últimos 20 anos, o Estado não planejou e se preparou adequadamente e o cidadão será penalizado por não ter água necessária aos seus usos históricos e culturais. Daí concluir que o modo de gerir a questão das águas no Brasil não está baseado primeiramente em premissas científicas, na pesquisa estruturada, na consulta ao corpo técnico, ou mesmo em questões de sustentabilidade e meio ambiente, mas sim, deixa transparecer que são decisões meramente políticas.
Agressões da Guarda Municipal marcam os atos contra o aumento da tarifa em Aracaju
ESCRITO POR Geilson Gomes

Imagem
Para justificar os atos abusivos da Guarda, o prefeito afirmou que ela está com uma nova visão de segurança pública, sendo assim, a corporação não tem a função apenas de preservar o patrimônio público municipal, mas de, sobretudo, proteger a população aracajuana. É importante frisar que a recomendação foi motivada pelo Comando Geral da Polícia Militar de Sergipe, acreditando que as ações da GMA estão extrapolando os direitos constitucionais.
Leia mais...
O Syriza está falando sério
ESCRITO POR José Gusmão

Imagem
Se o Syriza se amarrasse a um parceiro cuja primeira preocupação é entender-se com as instituições europeias, seu governo Syriza não duraria três meses. Nem um. Cairia na primeira chantagem, na primeira retaliação. E haverá muitas. Era bem mais fácil enfrentá-las com uma maioria absoluta. Os gregos não quiseram assim. Resta esperar que o Syriza consiga apoios sólidos no Parlamento. E saiba manter os apoios que possui na rua.
Leia mais...
O BNDES a serviço do ajuste neoliberal
ESCRITO POR Luis Fernando Novoa Garzon

Imagem
No atual cenário de “incerteza institucional” induzida, tornou-se hegemônica a proposição de atrofia programada do BNDES. Admite-se sua atuação em caráter mandatário ou previamente delimitada. Para tais segmentos, o BNDES só deve ser ativado para viabilizar novas privatizações nos setores de transportes e energia e para “fomentar” a criação de um mercado de capitais de longo prazo no Brasil, ou seja, gerir sua auto-extinção.
Leia mais...
Após a vitória do Syriza: confronto ou capitulação
ESCRITO POR Stathis Kouvelakis

Imagem
O Syriza tem uma margem de manobra muito estreita, mas essas ambiguidades devem ficar esclarecidas em breve. Por enquanto, a sociedade permanece passiva, embora as esperanças colocadas no Syriza sejam enormes e muito concretas. Mais do que nunca, devemos deixar bem claro que não há meio caminho entre o confronto e a capitulação. O momento da verdade está próximo.
Leia mais...
Socialismo e igualitarismo
ESCRITO POR Wladimir Pomar

Imagem
Nessa discussão entre “capitalismo regulado” e “socialismo”, mais uma vez nos vemos obrigados a lembrar que o “socialismo” não pode gerar “igualitarismo”. O igualitarismo que pressupõe atender todas as necessidades sociais, ou o atendimento a seres com necessidades desiguais, só pode ocorrer numa sociedade que possua forças produtivas desenvolvidas ao nível de suprir tais necessidades.
Leia mais...
Movimento de moradia ligado ao PSDB é acusado de arruinar 4º ato contra a tarifa em SP
ESCRITO POR Raphael Sanz e Gabriel Brito, da Redação

Imagem
Na sexta, 23, o quarto ato contra o aumento terminou com um esquema de guerra armado pela Polícia Militar no centro de São Paulo, para agredir e caçar gratuitamente milhares de manifestantes. Dezenas terminaram feridos e houve 7 prisões, todas classificáveis como arbitrárias. Por fim, a suspeita de uma sabotagem planejada é enorme. Quanto aos atos contra o reajuste da tarifa, prossegue a maratona.  
Leia mais...
Atentado ao Charlie Hebdo: “choque de civilizações”
ESCRITO POR Ramez Philippe Maalouf

Imagem
Há claros sinais de que o ataque seja mais uma página da guerra dos EUA contra Rússia e China, mesmo sem levar em consideração as evidências cada vez maiores – e censuradas pela mídia serva dos interesses da OTAN –, de que foi uma operação “false flag” (encoberta) dos serviços de inteligência ocidentais (inclusive israelense), como afirma o ex-secretário do Tesouro dos EUA Paul Craig Roberts. Quem desqualifica estas hipóteses deveria estudar com mais profundidade as Histórias da Operação Condor na América Latina e da similar europeia, Operação Gládio.
Leia mais...
“De volta a maio”, atos contra aumento da tarifa sinalizam um 2015 com grandes lutas sociais
ESCRITO POR Gabriel Brito, da Redação; fotos: Raphael Sanz

Imagem
Tivesse o mínimo de sensibilidade, Haddad faria todo o esforço para terminar o mandato sem tocar na tarifa. Subsídios não lhe faltam, dado que a própria auditoria que contratou para averiguar as contas das empresas apontou 640 problemas contábeis. E não adianta chorarem que se cobre o mesmo de Alckmin, pois é óbvio que movimento algum jamais mirará o tucanato como possível agente de diálogo produtivo numa pauta anti-mercado. Passar o trator na única vitória de toda uma geração tem tudo pra cobrar um preço altíssimo.
Leia mais...

Política

Relações Cuba e EUA: discurso do método

Frei Betto (desde Havana)
26.01.2015 

Obama deixou claro: não está em jogo modificar os objetivos que regem a política externa usamericana. Ele admite, cartesianamente, uma “mudança de método”. Mas Cuba insiste em saber com que objetivos.

 

Não passarás

Otto Filgueiras
23.01.2015 

A decepção com o Partido dos Trabalhadores (PT) é generalizada. Apenas os governistas com bons empregos e petistas chapas-brancas defendem o governo social-liberal. E atacam levianamente as forças revolucionárias que não se deixam cooptar.

Cid Gomes no MEC: uma escolha coerente para aprofundar a contrarreforma da educação brasileira

Roberto Leher
08.01.2015 

A presidenta mostrou coerência com o seu projeto e com a sua aliança de classes. Contrariando expectativas pueris, optou por um ministro que já demonstrou que o seu modus operandi é rude e sabe enxugar o orçamento.

2015: nova ofensiva neoliberal

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação
05.01.2015 

O nosso entrevistado nesse início de 2015 é Ruda Ricci. Sobre o ministério do segundo mandato de Dilma, afirma que “dificilmente, os tucanos escolheriam um ministério tão conservador e monetarista”, o que traz perspectivas sombrias.

O que nos promete o ano que se inicia?

Waldemar Rossi
05.01.2015 

Os indicadores apontam 2015 como mais um ano de dificuldades para os que vivem do trabalho. O que se espera é que cresça a compreensão de ser preciso sempre dar mais qualidade às ações de massa, a começar pela organização de base.

 

Corrupção, opinião pública e o apelo à mudança: possibilidade de uma Reforma Política?

Murilo Gaspardo
05.01.2015 

Observa-se que não há consenso, nem no Congresso, nem na sociedade, sobre modelo de reforma política. Além disso, a reforma política defendida pelos partidos majoritários, pela mídia e pela opinião pública “heterodirigida” é, no máximo, superficial e conservadora.

 

Adeus às ilusões!

Maria Orlanda Pinassi
05.01.2015 

Os incautos que, no afã da campanha, acreditaram na esquerdização de Dilma, tiveram uma vitória de Pirro. Pois o fato se explica pelo caráter extraparlamentar do capital, que decide no âmbito privado e em causa própria.

2014: o fim das ilusões desenvolvimentistas

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação
19.12.2014 

Nosso entrevistado especial nesse final de ano é o filósofo franco-brasileiro Michel Löwy, que esteve no Brasil para lançar mais um livro e fez um giro por diversas instâncias do debate político.

‘Comissão da Verdade conseguiu introduzir no Brasil a ideia de crime contra a humanidade’

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação
12.12.2014 

A Comissão Nacional da Verdade chegou ao fim e nas próximas semanas o país começará a digerir as revelações e recomendações de seu vasto relatório final. Para analisar o trabalho da Comissão e seus resultados, o Correio entrevistou a historiadora Angela Mendes de Almeida.

Crise hídrica de São Paulo passa pelo agronegócio, desperdício e privatização da água

Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação
10.11.2014 

Marzeni Pereira, tecnólogo em saneamento da Sabesp, em entrevista ao Correio da Cidadania, elenca uma série de razões históricas, desde as locais até as mais sistêmicas e abrangentes, que levaram São Paulo à atual crise hídrica, cujas consequências ainda não foram quantificadas.

Brasil nas Ruas

Não acabou!

Jorge Luiz Souto Maior
26.01.2015 

Com a dispersão, andando pelas ruas e no metrô, foi interessante ver a separação muito nítida que se estabeleceu entre quem tinha participado do ato, que estava encharcado, e quem estava, digamos, vivendo a sua vida normal, sem muito contato recente com a água.

Coletivo Tarifa Zero Salvador: “a luta contra a tarifa irá acontecer seja quem for o governante”

Irlan Simões
26.01.2015 

Em entrevista, coletivo Tarifa Zero – que volta a organizar manifestações contra o aumento da passagem do buzu em Salvador – explica a conjuntura local e nacional dos movimentos pelo passe livre.

Novas manifestações pelo transporte público em Florianópolis, 10 anos depois da Revolta da Catraca

Frente de Luta pelo Transporte Público – Grande Florianópolis
23.01.2015 

Em 2009, Florianópolis foi considerada a cidade com pior mobilidade urbana do Brasil. Nossa cidade tem muitos morros, lagoas e dunas e temos uma ponte como gargalo. Além disso, somos a segunda cidade com o maior número de carros por habitante.

 

Terceiro ato contra aumento da tarifa é marcado por apoio popular na zona leste

Raphael Sanz, da Redação
21.01.2015 

Desta vez a manifestação convocada pelo Movimento Passe Livre teve como ponto alto o apoio que recebeu dos moradores e trabalhadores da região na zona leste da cidade.

Social

Carta dos Excluídos aos Excluídos - Declaração Final do Encontro Mundial dos Movimentos Populares (1)

Frei Marcos Sassatelli
22.01.2015 

A “Carta dos Excluídos aos Excluídos” servirá de base para o trabalho dos movimentos populares em seus respectivos países. Ela está em plena sintonia com o discurso de Francisco aos movimentos populares e é também uma fonte inspiradora para as Pastorais.

Velhas e novas ameaças do neoliberalismo aos direitos trabalhistas (2)

Jorge Luiz Souto Maior
22.01.2015 

O Correio da Cidadania publica segunda parte da série de artigos do jurista Jorge Luiz Souto Maior, em retrospectiva dos ataques aos direitos trabalhistas dos períodos recentes, inclusive através da submissão do poder judiciário aos interesses neoliberais.

Internacional

Estados Unidos e Brasil: expectativa desencontrada

Virgilio Arraes
26.01.2015 

Se considerada a longa duração, trabalhistas e socialdemocratas brasileiros ressuscitaram a prática econômica da República Velha (1889-1930), baseada, por sua vez, em linhas gerais na agroexportação e financeirização a partir do centro do capitalismo.

Com Syriza, a Grécia continua atrelada à Troika, à OTAN e ao mercado

Achille Lollo, de Roma para o Correio da Cidadania
23.01.2015 

O novo governo, para diluir a promessa de realizar reformas estruturais radicais, deverá recorrer aos programas emergenciais para poder controlar e atenuar as pressões das bases eleitorais que, de imediato, vão exigir medidas radicais para acabar com os programas de austeridade.

Atentado ao Charlie Hebdo: porque não se trata de liberdade de expressão

João Gabriel Vieira Bordin
13.01.2015 

Focar na liberdade de expressão, como se fosse um exclusivo valor ocidental, joga água no moinho da extrema-direita, cujo discurso racista reveste-se hoje em dia de um diferencialismo cultural. E é ela uma ameaça real na Europa.

A Indiscutível Resistência da Revolução Cubana

Mário Maestri
12.01.2015 

Membro do Partido Comunista Cubano, favorável à orientação privatista, segredou-me temer, não o grande capital USA, mas o desembarque de milhares de agressivos gusanos com dólares suficientes para  comprar meia ilha.

Guerra ou paz em 2015

Luiz Eça
05.01.2015 

As duas grandes crises internacionais estão próximas do seu desfecho em 2015. Nas questões do programa nuclear iraniano e da Palestina, tudo indica que haverá avanços extremamente significativos, talvez definitivos.

 

Ayotzinapa, emblema do sistema social do século 21

Ana Esther Ceceña
19.12.2014 

Ayotzinapa é resultado de um conjunto de processos reticulados que, com maior ou menor densidade e visibilidade, são inerentes ao capitalismo do século 21 e que, nesta medida, não se limitam ao México, mas se estendem sorrateira ou escandalosamente por todo o globo.

 

Economia

Golpe final na soberania do país

Adriano Benayon
23.01.2015 

Este é o processo que culmina com o ataque mortal à Petrobrás e às empreiteiras nacionais, e está recebendo mais um impulso através da política fiscal – que vai cortar em 30% os investimentos públicos – e da política monetária que está elevando ainda mais os juros.

 

A Petrobrás e a campanha do capital internacional: entrevista com Fernando Siqueira

Rennan Martins
23.01.2015 

“É uma companhia em melhor situação que as outras cinco grandes petrolíferas internacionais, lastreada em 84 bilhões de barris, e justamente por essa riqueza é tão atacada”.

Je suis Petrobras!

Paulo Metri
16.01.2015 

Nos anos 90, encapuzados neoliberais de caneta-metralhadoras nas mãos invadiram a empresa, tentando matá-la, buscando trocar seu nome, vendendo suas ações em fóruns hostis ao nosso povo, buscando fatiá-la como preparação para a privatização futura.

Por que sempre à custa dos trabalhadores?

Heitor Scalambrini Costa
16.01.2015 

Serão tais medidas, como cortar gastos à custa da classe trabalhadora, que na prática significam reduzir direitos, que conduzirão o país a uma maior justiça social? A uma maior igualdade na distribuição de renda?

Cortes de pensões, seguro desemprego e auxílio-doença: significados reais e imaginários

Guilherme C. Delgado
12.01.2015 

Vou me dar ao trabalho de dissecar dois dos temas principais, objeto dos cortes – as pensões e o seguro desemprego, para discernir sobre as significações reais dessa guinada da política social.

Ajuste Fiscal e Cortes no Seguro-Desemprego

Arland Tássio de Bruchard Costa
08.01.2015 

Na ânsia de cortar gastos, os setores conservadores começaram uma campanha midiática para criar a ideia de que a elevação dos gastos foi causada por fraudes no sistema. A presidenta Dilma embarcou nessa onda.

 

2015

Paulo Passarinho
05.01.2015 

A tradição de um acordo por cima, buscando minimizar prejuízos e consequências aos poderosos interesses envolvidos, desta feita poderá não se concretizar.

 

2015: de volta ao passado

Jurandyr O. Negrão
05.01.2015 

O tímido experimento desenvolvimentista do final do período Lula e, sobretudo, do primeiro mandato de Dilma sofreu um revés claro, sinalizando que doravante políticas mais convencionais e menos ambiciosas deverão preponderar.

 

Meio Ambiente

Falta de investimento, manutenção e de novas tecnologias: eis a face dos apagões no Brasil

Telma Monteiro
23.01.2015 

Apagão? Não. Falta de investimentos, sucateamento das redes de transmissão, distribuição e das subestações são os ralos por onde escoam as perdas de boa parte da energia gerada no Brasil.

A sustentabilidade dos mananciais e a ética do uso da água

Roberto Malvezzi (Gogó)
22.01.2015 

Sem uma visão sistêmica do ciclo das águas e sem uma ética do uso da água que implique o cuidado dos mananciais, comprometeremos sempre mais o abastecimento humano, a dessedentação dos animais e os demais usos. O óbvio ulula.

Por que opor-se a usinas nucleares? Da inquietação ao pânico. Ou à indignação?

Chico Whitaker
13.01.2015 

Para nossa sorte – dos “comuns dos mortais” – um número crescente de “especialistas” e de “não-especialistas”, mundo afora (mais em outros países do que aqui no Brasil), está contando coisas que nos ajudam a superar nossas dúvidas e a começar a compreender o que se passa.

2015: como será o mundo de Alice?

Rogério Grassetto Teixeira da Cunha
05.01.2015 

As previsões de curto prazo ficaram por demais óbvias na área ambiental, por serem repetitivas. Assim, irei restringir-me a dois temas, um local e outro global: a crise da água em São Paulo e os acordos climáticos.

 

Cultura e Esporte

Um futebol sem torcedores

Leonardo Soares
08.01.2015 

Os dirigentes argumentam que se trata de um movimento inexorável de mercantilização do esporte e que, nesse “novo ambiente”, mais moderno e clean, os clubes têm que priorizar o mercado em detrimento das pessoas.

Após a bonança, a tempestade

Gabriel Brito
05.01.2015 

Se é verdadeira a tese de que o país apodrece em todas as frentes institucionais, enquanto todos os caminhos são abertos para as inexoráveis rapinas do mercado, o esporte é só mais uma vítima da eterna promessa brasileira.

Fantasia, esquecimento e memória

Cassiano Terra Rodrigues
05.01.2015 

Ao invés de apresentar algo como o protagonismo de ações coletivas e populares contra o racismo e a escravidão, Django Livre reafirma o mito do herói individual (assim como o último filme de Spielberg, Lincoln), numa clássica operação que já foi descrita como “política do silenciamento”.

 

A crise do futebol brasileiro e o dilema da formação nacional

Fabio Luis Barbosa dos Santos
19.12.2014 

Minha hipótese é que a crise do futebol brasileiro é uma dimensão do dilema da formação nacional e, portanto, seu enfrentamento é indissociável da superação da dupla articulação entre dependência externa e assimetria social.

 

Editorial

2015 - ano duro pela frente


  2015 começa assombroso. À sensação de melancolia ao final de 2014, imposta por cenário econômico, ambiental e mundial em profunda degradação, juntam-se novos, desconcertantes e frustrantes fatos nesse início de ano. O que se promete de líquido e certo para o ano que se inicia é somente um forte ajuste fiscal e monetário.  

Leia mais...

Vídeos

Entre a cheia e o vazio

Imagem

A cheia histórica do rio Madeira em 2014 e seus nexos com as UHEs Santo Antônio e Jirau.  
Leia mais...

A Ordem na Mídia

‘Esperamos que o governo avance um novo marco regulatório para as comunicações’


“Enquanto a imensa maioria do espectro radiofônico é controlada por grupos empresariais que visam o lucro, as emissoras comunitárias carecem de apoio, quando não são criminalizadas. O acesso à internet ainda é excludente. O exercício da liberdade de expressão é praticado por quem detém a propriedade”, resumiu a jornalista Bia Barbosa.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates